Wagner garante manutenção da Ferrovia na Bahia

O governador Jaques Wagner garantiu que as ferrovias que cortam o Estado da Bahia não serão desativadas pelo Governo Federal. Ele esteve reunido com a presidente Dilma Rousseff na última sexta (6), em Brasília, e recebeu a informação de que os trechos ferroviários continuarão a funcionar, mesmo com a previsão de uma nova ser construída. 

Com a informação, o governador praticamente descartou a possibilidade da Ferrovia Centro-Atlântica (FCA), antiga Leste Brasileira (FLB), ser desativada, apesar de a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) ter determinado que a FCA devolva os 1760 km da malha sob sua concessão na Bahia. A empresa privada é responsável por 1.200 postos de trabalho, entre empregos diretos e indiretos, além do transporte de cargas de empresas como a Ferbasa, BR Distribuidora, Magnesita e a BSC.

Segundo o governador, “não existe nenhuma hipótese de desativar a ferrovia, nem retirar trilhos. Tenho o compromisso da presidente da República. É um processo de retomada e não de desativação”, afirmou. O "processo de retomada", como disse o governador, faz parte do Programa de Investimento em Logística (PIL) do governo federal.

Passageiros

De acordo com os estudos do governo federal, a nova ferrovia ligará a Bahia ao estado de Pernambuco, atendendo ao transporte de cargas e passageiros, ligando Parnamirim (PE) ao município de Feira de Santana. De acordo com o governador, até o final de 2014, um Veículo Leve Sobre Trilhos (VLT) estará em atividade ligando Alagoinhas a Salvador. 

Empregos

O temor dos trabalhadores é um processo de demissões em massa com a retomada da FCA pelo governo. Na próxima terça (10), às 9h30, o tema será discutido na audiência pública na Assembleia Legislativa da Bahia (Alba), na Comissão de Infraestrutura. O debate será organizado pela bancada do Partido dos Trabalhadores (PT), a pedido do deputado Joseildo Ramos. 

Estarão na audiência o prefeito de Alagoinhas, Paulo Cézar Simões (PDT), o deputado Aderbal Caldas (PP), o secretário de Relações Institucionais do Estado, Cézar Lisboa, diretores do Sindicato de Ferroviários da Bahia (Sindiferro-BA), Rafael Vasconcelos, da Associação de Engenheiros Ferroviários do Estado, representantes da Fundação Iraci Gama e do senador Walter Pinheiro (PT), o presidente da Câmara de Vereadores de Alagoinhas, Jorge Mendes (PSB) e os vereadores  Radiovaldo Costa e Luciano Sérgio, ambos do PT.  

 

voltar para REGIÃO

left show tsN fwB|tsN fwR fsN sbse center|c15 show center fwR|b01 bsd c10||image-wrap|login news fwB tsN fwR tsY b01 c05 bsd|normalcase fsN fwR c10|b01 c05 bsd|login news c05|tsN normalcase fwR c05|b01 normalcase c05 bsd|content-inner||