O Governo do Estado da Bahia, através da Secretaria de Desenvol

Publicado em 20/08/2013 às 23h09

 
O Governo do Estado da Bahia, através da Secretaria de Desenvolvimento Urbano – SEDUR, recepcionou nesta segunda-feira (19), na sede da BM&F Bovespa, em São Paulo, a documentação da Companhia de Participações em Concessões - CPC, única a apresentar proposta na licitação do Sistema Metroviário de Salvador e Lauro de Freitas.


Lançado no último mês de maio, o edital de Licitação na modalidade de Parceria Público-Privada prevê a complementação da Linha 1 até Pirajá, a implantação da Linha 2 – Bonocô até Lauro de Freitas e a operação de todo o Sistema por um período de 30 anos.


Após a entrega da proposta, a Comissão de Licitação do Estado e os técnicos da BM&F Bovespa avaliaram os documentos do volume 1, referente às Condições de Participação, Garantia da Proposta e Qualificação Técnica Operacional, habilitando a Empresa para participar das demais fases do Procedimento Licitatório. 


A próxima etapa está confirmada para a próxima quarta-feira (21), às 14h30, na sede da BM&F BOVESPA, com a realização da sessão pública de abertura do Volume 2, correspondente à Proposta econômica escrita. A solenidade será acompanhada pelos secretários da Casa Civil, Rui Costa, e de Desenvolvimento Urbano, Cícero Monteiro.


Após a apresentação da Proposta Econômica, a Comissão de Licitação marcará a data para abertura do volume 3, com os documentos de qualificação jurídica, fiscal e econômico-financeira. Este processo será concluído com a assinatura do contrato, prevendo-se que as obras sejam retomadas em outubro. “O metrô ficará como um grande legado para a população de Salvador e Região Metropolitana, que espera por isso há mais de dez anos”, disse o secretário Rui Costa. 


Presente na abertura da proposta, o secretário Cícero Monteiro destacou o volume de investimentos previstos na licitação. “Através da PPP serão injetados R$3,6 bilhões na mobilidade da capital baiana. Esse grande recurso se soma as demais obras estruturantes, a exemplo da Via Expressa, do Complexo de Viadutos do Imbuí e das vias transversais, que vão melhorar significativamente a qualidade do transporte público de Salvador e Lauro de Freitas”, declarou Monteiro.
--
Ascom/Sedur

voltar para POLÍTICA

left show tsN fwB|tsN fwR fsN sbse center|c15 show center fwR|b01 bsd c10||image-wrap|login news fwB tsN fwR tsY b01 c05 bsd|normalcase fsN fwR c10|b01 c05 bsd|login news c05|tsN normalcase fwR c05|b01 normalcase c05 bsd|content-inner||