Todos os estados terão laboratórios contra lavagem dlinheiro.

 
 
O Departamento de Recuperação de Ativos e Cooperação Jurídica Internacional (DRCI) do Ministério da Justiça (MJ) anunciou, nesta quarta-feira (18), a instalação de novos laboratórios contra a lavagem de dinheiro no país. Com as novas instalações, todos os estados e o Distrito Federal terão unidades, que deverão ser modelos para a aplicação de soluções de análise tecnológica em grandes volumes de informações.
 
A delegada Danielle Garcia, da Polícia Civil de Sergipe – uma das contempladas – defendeu que as unidades auxiliarão a Polícia Civil a combater o lucro que as atividades criminosas dão. “Não basta prender. É preciso também localizar esse dinheiro e bloqueá-lo, senão as organizações criminosas sobrevivem”, explicou Danielle.
 
A motivação para a criação do Laboratório de Tecnologia Contra Lavagem de Dinheiro do MJ surgiu da necessidade, no curso das investigações, de quebra de sigilo bancário, telefônico e fiscal durante grandes períodos. O secretário Nacional de Justiça do MJ, Paulo Abrão, durante discurso em Bogotá, na Colômbia, destacou que “novas tecnologias para cruzamento de dados e acordos internacionais, inclusive com países que hospedam paraísos fiscais, estão quebrando a espinha dorsal do crime, que é praticado no mundo associado à corrupção e até mesmo ao terrorismo”.

 

Enviar comentário

voltar para NOTICIAS

left show tsN fwB|tsN fwR fsN sbse center|c15 show center fwR|b01 bsd c10||image-wrap|login news fwB tsN fwR tsY b01 c05 bsd|normalcase fsN fwR c10|b01 c05 bsd|login news c05|tsN normalcase fwR c05|b01 normalcase c05 bsd|content-inner||