PAGINA INICIAL

IF Baiano Campus Serrinha abre Processo Seletivo para ingresso

Publicado em 21/09/2016 às 10h45
 
www.serrinhahoje.com.br
 
 
 
As vagas ofertadas são para as modalidades subsequente (para candidatos que já concluíram o ensino médio) e integrada (para os candidatos que concluíram o ensino fundamental) e Jovens e Adultos – PROEJA (acima de 18 anos e com Ensino Fundamental completo)
 
Até o dia 10 de outubro, estarão abertas as inscrições para o Processo Seletivo 2017 do Instituto Federal Baiano (IF Baiano – Campus Serrinha) para ingresso de novos estudantes. Ao todo, 120 vagas estão sendo ofertadas para os cursos técnicos de Agroecologia, Agropecuária e Agroindústria. As inscrições serão gratuitas e feitas pela internet, no site http://prosel.ifbaiano.edu.br.
 
As vagas ofertadas são para as modalidades subsequente (para candidatos que já concluíram o ensino médio) e integrada (para os candidatos que concluíram o ensino fundamental) e Jovens e Adultos – PROEJA (acima de 18 anos e com Ensino Fundamental completo). A seleção para as formas integrada e subsequente será por Análise de Desempenho Escolar. Já a seleção dos cursos PROEJA será por meio de entrevista, com caráter eliminatório, e sorteio eletrônico, classificatório. Não haverá prova.
 
No ato da inscrição, o candidato deverá preencher o formulário online com seus dados pessoais e socioeconômicos, o curso escolhido e optar pela ampla concorrência, cotas para estudantes oriundos de escolas públicas ou cotas para candidatos com deficiência. Os candidatos devem apresentar a documentação elencada pelos editais no campus para qual fez a opção de curso, presencialmente ou pelos Correios.
 
O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Baiano (IF Baiano) foi criado em 2008 e é uma instituição de ensino médio e superior, focado na Educação Profissional e Tecnológica. Agrega as antigas Escolas Agrotécnicas Federais e as Escolas Médias de Agropecuária Regionais da Ceplac (EMARC) presentes na Bahia. 
 
Atualmente, possui campus nos municípios de Catu, Senhor do Bonfim, Santa Inês, Guanambi, Valença, Teixeira de Freitas, Itapetinga, Uruçuca, Bom Jesus da Lapa, Governador Mangabeira e Serrinha. Terá mais 3 (três) campi nas cidades de Alagoinhas, Itaberaba e Xique-Xique (em fase de construção).[
 
Fonte: ASCOM IFBA
 
Comentários (0)

ALBENEIDE PEIXINHO

Publicado em 20/09/2016 às 20h07
 
 
A Nutricionista Destaque do Brasil, vencedora do Prêmio Lieselotte Ornellas, edição 2016, é a serrinhense Albaneide Maria Lima Peixinho. O resultado foi divulgado pela Comissão Avaliadora na manhã desta segunda-feira, dia 19, após análise das sete indicações feitas por conselhos regionais, universidades e associações de nutricionistas. A cerimônia de premiação ocorrerá no dia 26 de outubro de 2016 às 18 horas, em Porto Alegre/RS, durante a Abertura do CONBRAN 2016.
 
 
O Prêmio Lieselotte Ornellas - Nutricionista Destaque no Brasil foi lançado em 2014 sendo entregue na primeira edição à própria Lieselotte Ornelas. Concedido pela Asbran, a honraria busca reconhecer o mérito do trabalho do nutricionista que 
contribui ou contribuiu com o desenvolvimento científico, tecnológico e cultural da ciência da Nutrição e com a promoção e reconhecimento social da categoria.
 
"Pelo caráter qualitativo do certame, pode-se imaginar que a escolha não foi fácil. Todos os candidatos reuniam plenas condições para serem premiados, por apresentarem uma trajetória profissional merecedora de reverência", disse a coordenadora da Comissão Avaliadora, Ana Maria Bartels Rezende, ressaltando que as entidades devem 
indicar novamente os profissionais nas próximas edições. "Precisamos estimular um movimento de divulgação da história de grandes nutricionistas no âmbito nacional".
 
A ESCOLHA
 
A nutricionista Albaneide Peixinho é uma das grandes referências no país na área de alimentação escolar. Durante 13 anos coordenou o Programa Nacional de Alimentação Escolar, reconhecido pela ONU em 2011 como um dos melhores programas no gênero do Mundo. 
 
Albaneide participou ativamente da construção do Programa Fome Zero e da elaboração e/ou acompanhamento de vários projetos de lei em benefício da população. Entre eles a Lei Orgânica de Segurança Alimentar e Nutricional (Losan), o Sisan - Sistema Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional, a Emenda Constitucional 64 inserindo alimentação como Direito Social. Esteve à frente da criação dos Centros Colaboradores de Alimentação e Nutrição do Escolar – Cecanes e participou de forma efetiva da elaboração da Estratégia Intersetorial de Prevenção e Controle da Obesidade.
 
A nutricionista esteve à frente também de entidades representativas da categoria, como Sindicato dos Nutricionistas no DF de 1982 a 1988, Conselho Regional de Nutricionistas da 1ª região e Associação Brasileira de Nutrição. Atualmente é vice–presidente do CFN e coordena projetos do Centro de Excelência de Combate a Fome do Programa Mundial de Alimentos – agência da ONU.
 

 

 

Comentários (0)

ECONOMIZAR NEM SEMPRE VALE A PENA;

Publicado em 12/09/2016 às 12h03

 

www.serrinhahoje.com.br

 

Economizar nem sempre vale a pena;

veja 8 exemplos em que o barato sai caro

 

 

 

Economizar é bom e necessário, mas será que toda economia vale a pena? Nem sempre. Economizar sem critério pode te fazer perder mais dinheiro.

O consultor financeiro Fábio Barbalho, da Ponto C Consultoria, explica que o imediatismo faz com que as pessoas normalmente só avaliem o impacto de uma compra dentro de 30 dias.

"Olham se a parcela cabe no bolso, se está mais barato, mas se esquecem de avaliar se está pagando caro por algo sem qualidade, se está pagando juros sem necessidade ou se está comprando o que não precisa", diz.

Veja oito situações em que o barato sai caro:

 

1) Comprar produtos de baixa qualidade


 

Observe o tempo que o objeto vai durar. Se você comprar um tênis ruim, de má qualidade, que só dura três meses e tiver de comprar quatro no ano, por exemplo, fez uma economia porca. Comprar um par de óculos de sol sem proteção contra raios UV pode causar lesões na vista, e por aí vai.

 

2) Comprar sem usar

 

Comprar produtos em sites de compras coletivas com um belo desconto e perder o prazo para usar. Comprar produtos em liquidação só porque estavam pela metade do preço e descobrir que já tem vários iguais em casa. Comprar roupas de tamanho diferente pensando que vai emagrecer ou fará o ajuste depois: exemplos de dinheiro jogado no lixo.

 

3) Não fazer manutenção da casa e do carro


 

Não fazer a manutenção do carro costuma resultar em gastos muito maiores se o veículo quebrar, além do tempo a mais parado no mecânico. Em casa, é comum fazer remendos na instalação elétrica que acabam gerando gastos maiores de energia e falta de segurança. E o que dizer da prática de colocar um paninho em volta da torneira que pinga a noite toda e se esquecer do rombo na conta de água?

 

4) Ficar exposto a riscos

 

Não ter seguro de carro e de casa nem plano de saúde é um tipo de economia que pode resultar num gasto muito maior. Se o carro é roubado e está financiado, terá de pagar o financiamento mesmo tem ter o veículo, por exemplo. Ou, se ficar doente, pode gastar muito com médicos e hospitais.

 

5)  Ficar sem lazer


 

Por mais que estejamos vivendo um momento de recessão é necessário que dentro do orçamento familiar existam alguns momentos para diversão, seja uma ida ao parque ou comprar os ingredientes para fazer uma bela pizza em casa. O lazer ajuda a aliviar as tensões, o que evita gastos com remédio, brigas e depressão

 

6) Fechar pacotes anuais

 

Só faça se tiver a plena certeza de que sua motivação e estilo de vida continuarão permitindo que cumpra o tal plano. Do contrário irá amargar suaves parcelas de descontos que nada mais são que dinheiro que vão pelo ralo abaixo. Um exemplo é pagar o plano da academia anual e só ir três meses no ano

 

7) Fazer financiamentos com pouca entrada

 

 

Financiar um veículo com entrada inferior a 30% é uma economia porca, pois a desvalorização do carro é muito rápida, de pelo menos 30% quando sai da loja, e os juros poderão fazer com que você pague dois carros. O ideal é juntar dinheiro para pagar pelo menos a metade

 

8) Fazer pequenas compras no mercado


 

Para quem tem o rendimento mensal, é melhor comprar de uma vez, segundo Barbalho. "Junto com a compra também estão embutidos outros gastos como tempo, combustível, estacionamento e alimentação fora", diz. Se comprar em atacado, ainda pode obter o desconto pela quantidade

 

 

www.serrinhahoje.com.br

 

 

 

 

Comentários (0)

É ouro! Brasil vence a Alemanha

Publicado em 20/08/2016 às 21h01

É ouro! Brasil vence a Alemanha nos pênaltis e é campeão do futebol masculino na Olimpíada

www.serrinhahoje.com.br

 

É ouro! Brasil vence a Alemanha nos pênaltis e é campeão do

futebol masculino na Olimpíada

 

Após empate por 1 a 1, Neymar bate o último pênalti e dá o inédito título para a seleção brasileira nos Jogos Olímpicos

 

Neymar abriu o marcador no primeiro tempo, mas não seria tão simples quanto alguns poderiam pensar. A Alemanha levou drama e mostrou, com outros jogadores, por que é a atual campeã do mundo, e Max Meyer empatou no segundo tempo. A conquista só veio com drama, nos pênaltis, com Neymar, que anotou o gol decisivo após Weverton defender a cobrança de Petersen.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

             O melhor: Neymar decide e chora após a vitória

REUTERS/Murad Sezer
imagem: REUTERS/Murad Sezer

Depois de Romário, em 1988, e Hulk, em 2012, Neymar passou para a galeria de jogadores brasileiros com gols em finais olímpicas. E foi um golaço, de falta, para deixar a seleção em vantagem no primeiro tempo. Com iniciativa e disposição, acabou como o melhor do time no Maracanã, também por achar bons passes em profundidade. Após converter a última cobrança de pênalti e dar o título para o Brasil, não segurou as lágrimas. Foi, provavelmente, a maior emoção da vida de Neymar. 

Weverton pega o último pênalti e faz valer aposta brasileira

 

Getty Images
imagem: Getty Images

Entre as virtudes de Weverton estava a capacidade de pegar pênaltis, o que ele justificou na quinta e última cobrança alemã, de Nils Petersen. A defesa, quando a disputa estava 4 a 4, permitiu a Neymar decretar o ouro em um roteiro cinematográfico para o camisa 10 e o próprio goleiro. Na festa, o atleta do Atlético-PR guardou a bola do título e se enrolou na bandeira do Acre, seu estado natal.

Os piores: Gabriel Jesus e Gabriel

 

REUTERS/Bruno Kelly
imagem: REUTERS/Bruno Kelly

Os dois mais jovens titulares brasileiros não tiveram grande atuação. Gabriel não participou bem da partida coletivamente, errou muitos lances e foi substituído aos 23 minutos do segundo tempo. Já Gabriel Jesus pareceu nervoso e ansioso. Apesar de se dedicar muito, tomou muitas decisões erradas na frente e passou a maior parte do tempo reclamando da arbitragem. Saiu na prorrogação.

 

Alemães não encontram Luan, o mais inteligente do Brasil

 

AP Photo/Silvia Izquierdo
imagem: AP Photo/Silvia Izquierdo

O atacante do Grêmio fez um jogo à altura dos anteriores e dividiu o protagonismo com Neymar. Com ótima leitura tática, apareceu bem nos espaços vazios e explorou brechas entre as linhas de defesa e meio da Alemanha, que pareceu não entender a dinâmica de Luan e as combinações entre ele Neymar. Mostrou cansaço e hesitação no tempo extra, mas converteu seu pênalti. 

 

Micale aposta tudo em Neymar e se emociona demais

 

REUTERS/Yves Herman
imagem: REUTERS/Yves Herman

Um longo abraço (mais um) com Neymar ao fim da disputa por pênaltis simbolizou Rogério Micale. O treinador deu carinho e respaldo, além da braçadeira de capitão, ao atacante que decidiu a final no Maracanã. Com um modelo de jogo que deu certo na Olimpíada, o Brasil mediu forças com uma equipe inferior individualmente, mas com um senso coletivo até mais forte. Ainda assim, o time da casa mereceu mais o ouro e premiou o treinador que foi das divisões de base do Atlético-MG para a CBF. 

 

Hrubesch arruma o time no intervalo e equilibra a final

 

REUTERS/Yves Herman
imagem: REUTERS/Yves Herman

Após um primeiro tempo de domínio territorial do Brasil, o técnico alemão Horst Hrubesch fez uma modificação que equilibrou as ações após o intervalo. O meia Max Meyer passou a recuar e marcar Walace em vez de avançar para dar combate aos zagueiros do Brasil, tirando a superioridade numérica que a seleção tinha no meio. O resultado foi que Luan e Neymar começaram a encontrar mais dificuldades para aparecerem livres nas costas dos volantes alemães.

 

Renato Augusto se multiplica em campo e rege a torcida

 

Eduardo Anizelli/Folhapress
imagem: Eduardo Anizelli/Folhapress

Ora na saída de bola entre os zagueiros, ora do centro para a ponta direita, e até do outro lado em alguns momentos. Renato Augusto, o carioca da seleção, jogou em casa e mais uma vez justificou sua presença no grupo. Com forte empatia com os torcedores, chamou as arquibancadas em muitos momentos. De quebra, deu dois dribles entre as pernas dos alemães, sua marca registrada.

 

Alemanha mostra senso de equipe e vaza Brasil pela primeira vez

 

REUTERS/Bruno Kelly
imagem: REUTERS/Bruno Kelly

No primeiro tempo, foram três bolas na trave e mais finalizações que o Brasil. Mesmo irregulares dentro da partida, os alemães fizeram por merecer o gol de Meyer, aos 14 minutos do segundo tempo. Identificados com uma fórmula de jogo claramente parecida com a da seleção principal, os jovens visitantes foram os rivais mais duros do time de Rogério Micale, vazado pela primeira vez na decisão.

 

Cansaço pesa na prorrogação, mas Micale faz só duas trocas

 

REUTERS/Bruno Kelly
imagem: REUTERS/Bruno Kelly

A falta de opções de ataque nos bancos de reservas se evidenciou na prorrogação. Mesmo com quatro modificações para fazer, já que o regulamento olímpico permite uma nova mudança quando o jogo vai a 120 minutos, Rogério Micale e Horst Hrubesch "morreram" com duas substituições na mão. Felipe Anderson, que havia entrado no segundo tempo, e Rafinha, no início do tempo extra, foram os brasileiros acionados. Os dois times deram grandes sinais de cansaço e proporcionaram poucas emoções.

 

FICHA TÉCNICA

Brasil 1 (5) x (4) 1 Alemanha

Local: Estádio do Maracanã, Rio de Janeiro (RJ)
Data: 20/08/2016
Horário: 17h30 (de Brasília)
Árbitro: Alireza Faghani (Irã)

Gols: Neymar, aos 27 minutos do 1º tempo, e Meyer, aos 14 minutos do 2º tempo
Cartões amarelos: Zeca e Gabriel (Brasil); Selke, Prömel, Sven Bender e Suele (Alemanha)

Disputa de pênaltis
Brasil: Renato Augusto, Marquinhos, Rafinha, Luan e Neymar (todos gols)
Alemanha: Ginter, Gnabry, Brandt, Süle (todos gols) e Petersen (errou)

Brasil: Weverton; Zeca, Marquinhos, Rodrigo Caio e Douglas Santos; Walace e Renato Augusto; Gabigol (Felipe Anderson), Luan e Gabriel Jesus (Rafinha); Neymar. Técnico: Rogério Micale

Alemanha: Horn; Toljan, Ginter, Süle e Klostermann; Lars Bender (Prömel) e Sven Bender; Brandt, Meyer e Gnabry; Selke (Petersen). Técnico: Horst Hrubesch

Comentários (0)

Concurso Rainha da Vaquejada de Serrinha

Publicado em 21/07/2016 às 09h47

 

www.serrinhahoje.com.br

 

Definidas as finalistas do concurso Rainha da Vaquejada de Serrinha

 

A organização da Vaquejada em Serrinha acaba de divulgar a lista de finalistas do concurso que vai eleger a Rainha da festa. Ao todo, 18 mulheres foram escolhidas em pré-seleção com 79 candidatas.
 
As moças são naturais das cidades de Maracás, Ribeira do Pombal, Gavião, Feira de Santana, Serrinha, Ichu, Salvador, Valente, Candeias, Conceição do Coité, Riachão do Jacuípe, Quixabeira, Camaçari, Teofilândia, Esplanada, Uauá, Itaberaba e Inhambupe. Este ano, 30 cidades inscreveram representantes, número recorde no concurso.
 
O desfile também vai eleger o Peão e as Princesas da Vaquejada em Serrinha. Em busca do título, 30 homens participaram da competição que selecionou 8 finalistas. Os rapazes representam as cidades de Serrinha, Valente, Euclides da Cunha, Salvador, Morro do Chapéu, Conceição do Coité, Santo Antônio de Jesus e Cruz das Almas.
 
Todos os candidatos têm entre 18 a 30 anos de idade que serão avaliados por um júri técnico nos requisitos: beleza, simpatia, elegância e desenvoltura. Os vencedores ganham como premiação principal uma moto 0km (Rainha) ; R$ 2 mil (Peão); R$ 2 mil (1ª Princesa) e R$ 1 mil (2ª Princesa).
 
A Festa da Rainha será realizada na área coberta do Parque Maria do Carmo, em Serrinha, no dia 30 de julho, a partir das 20h. Após o desfile, o evento contará com shows musicais das bandas Duas Medidas e Aladim. Já a Vaquejada Parque Maria do Carmo acontece de 1º a 4 de setembro, com 17 atrações musicais e competições esportivas.
 
Fonte: Bahia Já
Comentários (0)

O BRASILEIRO NÃO SABE USAR O CARTÃO DE CRÉDITO

Publicado em 02/05/2016 às 10h20

5 coisas que você precisa saber

antes de usar cartão de crédito

pela 1ª vez.

 

O brasileiro não sabe usar o cartão de crédito. Pelo menos é o que sugere pesquisa divulgada pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) em março. Segundo o estudo, a modalidade de pagamento é a principal causa de nome sujo entre os brasileiros (43,4%). Em seguida, aparecem os empréstimos (23,5%) e os cartões de lojas varejistas (19,3%).

Os dados preocupantes não param por aí. Do total de entrevistados, 34% não sabem qual o seu limite de crédito e 96% não conhecem as taxas de juros, revelando despreparo e falta de conhecimento sobre o uso dos cartões.

As consequências aparecem em forma de dívidas atrasadas. "É uma excelente ferramenta de compra, mas pode virar uma arma se não for utilizada corretamente", .

Começando com o pé direito

Se você pretende fazer parte do time de quase 52 milhões de brasileiros que possuem pelo menos um cartão de crédito, a dica é aprender com os erros alheios e se preparar, para também não fazer parte dessas estatísticas.

1 - Não compre o que não pode pagar

Se você acha que vai poder comprar o que quiser no momento em que desbloquear seu primeiro cartão, é melhor repensar. "Ele não é uma ferramenta que vai ajudar as pessoas a realizarem seus sonhos. No final do mês, a conta vai chegar".

2 - Limite gastos a 50% dos seus ganhos

As instituições acabam contribuindo com o endividamento dos consumidores, liberando limites de crédito muito altos, incompatíveis com a renda. O ideal é limitar os gastos desde o início e não se animar demais. "Para quem está começando, esse teto não deve ultrapassar 50% do rendimento líquido".

3 - Juros podem chegar a 600%

Sem saber o risco que estão correndo, muitas pessoas apelam para o pagamento mínimo do cartão ou exageram no parcelamento. "Os juros do rotativo podem chegar a 600% ao ano. Isso quer dizer que, ao empurrar a dívida para frente, o consumidor está criando uma bola de neve que só vai aumentar".

No site do Banco Central (http://zip.net/bgtcRG - link encurtado e seguro), é possível conhecer as taxas de juros de todas as instituições financeiras.

4 - Saiba quanto ganha por mês

Você sabe quanto gasta todo mês do seu salário? Quanto consegue poupar? Quem não faz o controle das finanças pessoais corre um grande risco ao usar um cartão de crédito. É preciso ter tudo na ponta do lápis e evitar sair gastando enquanto tiver limite, para não levar um susto quando a fatura chegar.

5 - Não empreste seu cartão

O cartão de crédito é para ser usado exclusivamente por você. Pode parecer um conselho óbvio, mas não é. Segundo estudo do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) divulgado em abril, um em cada dez brasileiros que ficou com nome sujo nos últimos 12 meses o fez porque emprestou para outra pessoa fazer compras ou tomar empréstimos. "Quem pede emprestado é porque já não tem mais crédito. A chance dessa pessoa não pagar a dívida é grande".

 

  www.serrinhahoje.com.br

 

 

 
 
 

 

 

Comentários (0)

FILHO DE SERRINHA É ASSASSINADO EM JEQUIE

Publicado em 21/04/2016 às 20h24

 

www.serrinhahoje.com.br

 

FILHO DE SERRINHA É ASSASSINADO EM JEQUIE

 

Elivelton Santos de Jesus, 22 anos de idade, natural de Serrinha-Ba.,  foi a 32ª vitima de assassinato no município de Jequié. Ele foi morto na noite de terça-feira (19.04.) no Parque das Algarobas.  Moradores encontraram o corpo do jovem caído ferido mas ainda com vida,  ele chegou a ser socorrido por uma equipe do Samu cuja base fica próximo do local aonde aconteceu o fato.

Como sempre elementos usando uma moto, se aproximam da vitima fazem os disparos, utilizando arma de fogo tipo revolver de calibre diferentes, 38, ponto 40 e 380 o que chama atenção é a pontaria dos assassinos que atiram para matar.

Já houve casos em que as vitimas conseguiram sobreviver mas na maioria os assassinos atiram para matar.

Até o inicio da noite do dia 20 de abril já eram contabilizados 32 mortes no município de Jequié.

 

Comentários (0)

SERRINHA_BA

Publicado em 19/04/2016 às 17h50

 

TCM aprova com ressalvas contas da Prefeitura de Serrinha 2014

 

www.serrinhahoje.com.br

 

19 de abril de 2016
 

 

O Tribunal de Contas dos Municípios, nesta terça-feira (19/04), concedeu provimento parcial ao pedido de reconsideração formulado pelo prefeito de Serrinha, Osni Cardoso de Araújo, para emitir novo decisório pela aprovação com ressalvas das contas relativas ao exercício de 2014. O relator do parecer, conselheiro Raimundo Moreira, determinou a exclusão do ressarcimento imposto no valor de R$431.218,81, reduziu a multa imposta de R$6.000,00 para R$4.000,00, mas manteve a multa imputada no valor de R$54.000,00, pela extrapolação dos gastos com pessoal.
No recurso, o gestor comprovou a reposição à conta do FUNDEB de despesas glosadas em exercícios anteriores em virtude de desvio de finalidade e conseguiu comprovar a redução da despesa total com pessoal, que alcançou o importe de R$70.222.303,15, correspondendo a 60,78% da receita corrente líquida de R$115.519.846,14. A relatoria entendeu que, apesar da extrapolação do limite, não houve flagrante descontrole dessas despesas no exercício a ponto de ensejar a aplicação da penalidade máxima da rejeição.

Assessoria de Comunicação
Tribunal de Contas dos Municípios do Estado da Bahia
+ 55 (71) 3115-4444
www.tcm.ba.gov.br
Comentários (0)

VOCÊ PODE FICAR RICO

Publicado em 14/04/2016 às 17h04

www.serrinhahoje,com.br

 

8 hábitos que podem estar impedindo você de ficar rico

 

 

Embora o segredo para ficar rico rapidamente ainda não tenha sido revelado, o autor Thomas C. Corley pode ter se aproximado dessa resposta: após estudar a vida de pessoas ricas, com uma renda anual maior que US$ 160 mil, e de pessoas com renda menor, de US$ 35 mil, ele chegou à conclusão de que alguns hábitos diários impedem que as pessoas atinjam certo nível de riqueza.

Depois de descobrir quais são esses hábitos prejudiciais, ele os dividiu de acordo com a tendência de cada grupo – os hábitos de pessoas ricas e o de pessoas com menos dinheiro. 

Saiba quais são esses hábitos que podem prejudicar no processo de construção da riqueza, segundo afirmou o autor ao Business Insider:

1. Jogos de azar

"Ficar rico rapidamente é algo que não existe. O sucesso financeiro leva tempo, precisa de iniciativas, e requer um esforço incansável. Aqueles que apostam dinheiro nesses jogos estão iludidos ao pensar que existe um atalho para o sucesso", disse Corley.

52% das pessoas com renda menor que participaram do estudo apostaram em algum esporte ao menos uma vez na vida. Do mesmo grupo, 77% das pessoas jogavam na loteria semanalmente.

Por outro lado, 84% das pessoas ricas não apostavam em esportes e nem jogavam na loteria.

2. Andar com pessoas "tóxicas"

Do grupo de pessoas ricas, 86% criaram o hábito de andar com pessoas com uma mente voltada para o sucesso. "Eles também apontaram limitar sua exposição a pessoas negativas", disse o autor.

Por outro lado, apenas 40% das pessoas com renda mais baixa do estudo se associavam com pessoas positivas, enquanto o restante tinha maior convivência de pessoas negativas.

3. Pensamento negativo

A maioria das pessoas é completamente desatenta a seus pensamentos, sejam eles positivos ou negativos. "Se você parar para ouvir seus pensamentos, prestar atenção a eles, você vai descobrir que a maioria deles é negativa. Mas você só percebe que está tendo esses pensamentos quando você se força a estar alerta a eles", explicou Corley.

4. Procrastinação

A procrastinação "previne que até os indivíduos mais talentosos consigam ser bem sucedidos", disse o autor. "Isso prejudica sua credibilidade com as empresas e alguns colegas no trabalho. Também afeta a qualidade de seu trabalho, que, por sua vez, afeta o negócio que você recebe de seus clientes e os relacionamentos corporativos", explicou o autor.

5. Evitar críticas

Segundo Corley, uma das razões pelas quais não buscamos retorno das outras pessoas é o medo da crítica. Receber feedback, entretanto, é essencial para aprender o que está funcionando e o que não está – ele te ajuda a entender se está no caminho certo. "Buscar criticismo, seja ele bom ou ruim, é um elemento crucial para aprender e crescer", completou.

Outra vantagem disso é que permite que você mude de curso e experimente um novo negócio ou carreira.

6. Gastar mais do que devia

Este, com certeza, é um aspecto que vai te levar ao estresse financeiro. "99% das pessoas pobres que participaram de meu estudo não economizam e a maioria delas acumula dívidas para subsidiar seu padrão de vida", o autor escreveu. "Consequentemente, eles não têm dinheiro para a aposentadoria, para pagar a faculdade de seus filhos ou buscar oportunidades que lhes apresentar", finalizou.

Esses hábitos criam uma pobreza ao longo do tempo, cujas esperanças de escape não existem.

7. Se prender a um emprego que você odeia

Além de te deixar estressado e insatisfeito com a vida que leva, isso também pode afetar suas chances de ficar rico.

As pessoas mais ricas e mais bem sucedidas buscam suas paixões. Essas paixões superam educação, inteligência, novas habilidades e, segundo o autor, qualquer outra vantagem que aqueles que não têm paixão podem ter na vida.

"Uma paixão faz o trabalho ficar mais divertido. Ela te dá mais energia, persistência e o foco necessário para superar seus erros, falhas e rejeição. Ela te infunde com uma tenacidade que torna possível superar obstáculos e desafios que bloqueiam seu caminho", explicou Corley.

8. Se prender a sua zona de conforto

"Nós desejamos tanto nos misturar, nos adaptar à sociedade, ser parte do rebanho, que faríamos qualquer coisa para evitar ficar de fora da multidão", disse o autor da pesquisa. Ainda assim, falhar ao se separar da multidão é o motivo pelo qual a maioria das pessoas nunca atinge o sucesso. "A busca pela riqueza pede que você tome riscos. A maioria não toma, e por isso a maioria não é rica".

 

 

 

Comentários (0)

left show tsN fwB|left tsN fwR fsN sbse|left fwR hide c15|b01 bsd c10||image-wrap|login news fwB tsN fwR tsY b01 c05 bsd|normalcase fsN fwR c10|b01 c05 bsd|login news c05|tsN normalcase fwR c05|b01 normalcase c05 bsd|content-inner||